domingo, 17 de março de 2013

"De agora em diante, não peques mais" - Jo 8,1-11

 Reze o Terço da Misericórdia
O coração de Jesus se move de compaixão por cada um de nós. É d’Ele que jorra uma fonte inesgotável de graças. Quando recordamos a Paixão e a Morte de Jesus na cruz, mergulhamos num mar infinito de misericórdia e percebemos que do coração aberto de Jesus emana a vida e nos sentimos renovados. Nas aparições de Jesus a Irmã Faustina, Ele nos fala:
"Às três horas da tarde implora à minha Misericórdia, especialmente pelos pecadores e, ao menos por um breve tempo, reflete sobre a minha Paixão, especialmente sobre o abandono em que Me encontrei no momento da agonia. Esta é a hora da grande Misericórdia para o mundo inteiro. Nessa hora não negarei nada à alma que me pedir em nome da minha Paixão" (Diário, n. 1320).
O Terço da Misericórdia vem sendo rezado em muitos lugares. Tem se tornado canal de graças para muitas pessoas. É forma de intercessão eficaz, agindo como uma extensão do Sacrário Eucarístico e levando-nos a refletir sobre a presença real de Jesus na Eucaristia.
O Senhor promete a Irmã Faustina que: “As almas que rezam o Terço da Misericórdia terão a sua vida envolvida pela Sua misericórdia especialmente na hora da morte”
Essa promessa tem se cumprido e somos testemunhas de muitas graças. São muitas pessoas que têm alcançado graças por intermédio desse terço.
Jesus, eu confio em Vós!
Deus o abençoe!
Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

"De agora em diante, não peques mais" - Jo 8,1-11

Jesus foi para o Monte das Oliveiras. De madrugada, voltou ao templo, e todo o povo se reuniu ao redor dele. Sentando-se, começou a ensiná-los. Os escribas e os fariseus trouxeram uma mulher apanhada em adultério. Colocando-a no meio, disseram a Jesus: "Mestre, esta mulher foi flagrada cometendo adultério. Moisés, na Lei, nos mandou apedrejar tais mulheres. E tu, que dizes?" Eles perguntavam isso para experimentá-lo e ter motivo para acusá-lo. Mas Jesus, inclinando-se, começou a escrever no chão, com o dedo. Como insistissem em perguntar, Jesus ergueu-se e disse: "Quem dentre vós não tiver pecado, atire a primeira pedra!" Inclinando-se de novo, continuou a escrever no chão. Ouvindo isso, foram saindo um por um, a começar pelos mais velhos. Jesus ficou sozinho com a mulher que estava no meio, em pé. Ele levantou-se e disse: "Mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou?" Ela respondeu: "Ninguém, Senhor!" Jesus, então, lhe disse: "Eu também não te condeno. Vai, e de agora em diante não peques mais".

Click...e Conheça o Site da Comunidade Anunciadores da misericórdiawww.anunciadoresdamisericordia.com.br

Palavra do Nosso Pai fundador: Click:  projeto misericórdia nas familias


Clik AQUI »»»»»» http://www.atos2.net/capela-rccpe.htm

Nossa Novena Perpétua:


Meus amados, este é um desejo do coração misericórdioso de Jesus, que eu entedi que devo lançar a todos aqueles que desejarem atemdê-lo. É tempo de misericórdia! Como Projeto Misericórdia nas famílias, já faço esta novena perpetuamente, mas senti em meu coração que devo disponibilizá-la a quem desejar se unir a nós e aceitar o desafio de fazê-la de forma perpétua. A sua parte é só confiar!Lance-se no imenso mar da Misericórdia...Coloque suas intenções..


"Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai... Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas."A Novena é rezada junto com o Terço da Divina misericórdia.  

Iniciemos nossa Novena invocando a Trindade Santa

8º dia


Hoje traze-Me as almas que se encontram na prisão do Purgatório e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia; que as torrentes do meu Sangue refresquem o seu ardor. Todas estas almas são muito amadas por Mim, pagam as dívidas à minha Justiça. Está em teu alcance trazer-lhes alívio. Tira do tesouro da minha Igreja todas as indulgências e oferece-as por elas. Oh, se conhecesses o seu tormento, incessantemente oferecerias por elas a esmolas do espírito e pagarias as suas dívidas à minha Justiça.
Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes que quereis misericórdia, eis que estou trazendo à mansão do vosso compassivo Coração as almas do Purgatório, almas que Vos são muito queridas e que no entanto devem dar reparação à vossa Justiça; que as torrentes de Sangue e Água que brotaram do vosso Coração apaguem as chamas do fogo do Purgatório, para que também ali seja glorificado o poder da vossa Misericórdia.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que sofrem no Purgatório e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Suplico-Vos que, pela dolorosa Paixão de Jesus, vosso Filho, e por toda a amargura de que estava inundada a sua Alma santíssima, mostreis vossa Misericórdia às almas que se encontram sob o olhar da vossa Justiça; não olheis para elas de outra forma senão através das Chagas de Jesus, vosso Filho muito amado, porque nós cremos que a vossa bondade e Misericórdia são incomensuráveis. Amém.
( Rezamos o terço da miseicórdia)

 

Ato de consagração a Divina Misericórdia
Deus, Pai Misericordioso, que revelaste o Teu Amor no Teu Filho Jesus Cristo e o derramaste sobre nós, no Espírito Santo Consolador, confiamos-te hoje o destino do mundo e de cada homem. Inclina-te sobre nós, pecadores, cura a nossa debilidade, vence o mal, faz com que todos os habitantes da terra conheçam a Tua Misericórdia para que em Ti, Deus Une e Trino encontrem sempre a esperança. Pai eterno, pela dolorosa Paixão e Ressurreição do Teu Filho, tem misericórdia de nós e do mundo inteiro. Amém. Papa João Paulo II.                                                    
 Clik aqui e reze a via-sacra, conosco: 
Vamos cantar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário