sexta-feira, 21 de abril de 2017

8º Dia da Novena da Misericórdia 2017!

  • Hoje, traze-Me as almas que se encontram na prisão do Purgatório e mergulha-as no abismo da Minha misericórdia; que as torrentes do meu Sangue refresquem o seu ardor. Todas estas almas são muito amadas por Mim, pagam as dívidas à minha Justiça. Está em teu alcance trazer-lhes alívio. Tira do tesouro da minha Igreja todas as indulgências e oferece-as por elas. Oh, se conhecesses o seu tormento, incessantemente oferecerias por elas a esmolas do espírito e pagarias as suas dívidas à minha Justiça.
  • Do terrível ardor do fogo do purgatório
    Ergue-se um lamento das almas a Vossa misericórdia;
    E recebem consolo, alívio e conforto
    Na torrente derramada do Sangue e da Água.

    Eterno Pai, olhai com misericórdia para as almas que sofrem no Purgatório e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Suplico-Vos que, pela dolorosa Paixão de Jesus, Vosso Filho, e por toda a amargura de que estava inundada a sua Santíssima Alma, mostreis Vossa misericórdia às almas que se encontram sob o olhar da Vossa justiça. Não olheis para elas de outra forma senão através das Chagas de Jesus, Vosso Filho muito amado, porque nós cremos que a Vossa bondade e misericórdia são incomensuráveis. Amém
  • Rezemos o Terço da Misericórdia: 
  • Ato de consagração a Divina Misericórdia 
    Deus, Pai Misericordioso, que revelaste o Teu Amor no Teu Filho Jesus Cristo e o derramaste sobre nós, no Espírito Santo Consolador, confiamos-te hoje o destino do mundo e de cada homem. Inclina-te sobre nós, pecadores, cura a nossa debilidade, vence o mal, faz com que todos os habitantes da terra conheçam a Tua Misericórdia para que em Ti, Deus Une e Trino encontrem sempre a esperança. Pai eterno, pela dolorosa Paixão e Ressurreição do Teu Filho, tem misericórdia de nós e do mundo inteiro. Amém! Papa João Paulo II
  • Quer fazer a Novena Perpetua da Misericórdia?
NOVENA DA GESTAÇÃO DE NOSSA SENHORA  COMEÇOU NO DIA 25 DE MARÇO E VAI ATÉ 25 DE DEZEMBRO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário