quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Feliz 2016!!! Desejo profundo do meu coração a todos...


Feliz ano novo!!!! Amados , ficarei alguns dias afastada de vocês, mas estaremos unidos em oração...Louvo e bendigo a Deus por cada um de vocês e...Pegando emprestadas as palavras de Santo Afonso de Ligório, em seu famoso poema Tu scendi dalle stelle ("Tu desces das estrelas"). Meditando a letra desta bela cantiga natalina, determinemo-nos também nós a pagar o preço do amor. Se tanto custou a Deus amar-nos, como queremos que isso não nos custe nada?

Tu desces das estrelas, ó Rei do céu 
E vens a uma gruta no frio e no gelo. 
Ó Menino meu divino, eu Te vejo aqui a tremer; 
Ó Deus beato, quanto Te custou haver-me amado! 

A Ti, que és do mundo o Criador, 
Faltam agasalhos e fogo, ó meu Senhor. 
Querida e eleita criança, esta Tua pobreza me apaixona 
Pois foi o amor que Te fez pobre novamente. 

Tu deixas as delícias da intimidade divina 
Para vir a sofrer sobre essa palha. 
Doce amor do meu coração, aonde Te levou o amor? 
Ó meu Jesus, por que tanto sofrer? Por meu amor! 

Mas se sofres por Tua própria vontade, 
por que então este choro, por que estes gemidos? 
Meu Jesus, eu Te entendo sim! Ah, meu Senhor! 
Tu choras não de dor, mas de amor! 

Tu choras ao ver a minha ingratidão, 
Um amor tão grande e tão pouco amado! 
Ó amado do meu coração, 
se fui assim outrora, hoje somente por Ti eu anseio 
Querido, não chores mais, pois eu Te amo, Te amo. 

Enquanto dormes, meu Menino, o coração 
não dorme, não, mas vigia a todo momento 
Vai, meu querido e puro Cordeiro, 
Em que pensas? Dize-me Tu. Ó amor imenso, 
um dia em morrer por ti, respondes, é o que eu penso. 

Então, pensas em morrer por mim, ó Deus 
Que mais posso eu amar fora de Ti? 
Ó Maria, esperança minha, 
se pouco eu amo o teu Jesus, não te indignes 
de amá-Lo tu por mim, se eu não O sei amar!

Quer rezar as Mil misericordias? 
Click:
Vinde e Adoremos!!!
Click AQUI »»»»»» http://www.atos2.net/capela-rccpe.htm
Aqui a Capela é Virtual... Mas nossa adoração precisa ser em Espírito e em Verdade!!!
A Ti, Senhor...Toda Honra e Toda Gloria , agora e Para Sempre! Amém!!!!
" Eu bem sei que Vós, ó Senhor, não necessitais das nossas obras. Vós exigia amor. Amor, Amor e mais uma vez amor a Deus! Superior a isso nada há nem no céu, nem na terra. O mais sublime é o amor a Deus, e a autêntica grandeza está em amá-Lo "
- Diário n° 990

Nossa Novena Perpétua:

Novena da misericórdia: Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas.

Meus amados, este é um desejo do coração misericordioso de Jesus, que eu entendi que devo lançar a todos aqueles que desejarem atendê-lo. É tempo de misericórdia! Como Projeto Misericórdia nas famílias, já faço esta novena perpetuamente, mas senti em meu coração que devo disponibilizá-la a quem desejar se unir a nós e aceitar o desafio de fazê-la de forma perpétua. A sua parte é só confiar!Lance-se no imenso mar da Misericórdia...Coloque suas intenções.

"Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai... Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas."A Novena é rezada junto com o Terço da Divina misericórdia.  

Iniciemos nossa Novena invocando a Trindade Santa. 

( Rezamos o terço da misericórdia)
Ato de consagração a Divina Misericórdia 
Deus, Pai Misericordioso, que revelaste o Teu Amor no Teu Filho Jesus Cristo e o derramaste sobre nós, no Espírito Santo Consolador, confiamos-te hoje o destino do mundo e de cada homem. Inclina-te sobre nós, pecadores, cura a nossa debilidade, vence o mal, faz com que todos os habitantes da terra conheçam a Tua Misericórdia para que em Ti, Deus Une e Trino encontrem sempre a esperança. Pai eterno, pela dolorosa Paixão e Ressurreição do Teu Filho, tem misericórdia de nós e do mundo inteiro. Amém! Papa João Paulo II. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário