quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Dia 28 de fevereiro: Como está o teu coração de Cristão?

Bem, vou começar descrevendo o meu... Creio profundamente na minha profissão de fé e por isto, jamais questionarei a Santidade da Igreja, tenho fé que irei viver e morrer professando está Fé. Algumas vezes, é fato, fico sem forças para lutar, é muito triste saber que muitas vezes os inimigos da Igreja são os próprios Cristãos que não querem se aprofundar na Fé, preferem as facilidades e o comodismo deste mundo Capitalista e imperialista. Hoje para mim é um dia muito especial, dia em que Bento XVI vem rasgar o Véu! Não somos nada ! Deus é tudo. A Igreja não pode ser tratada como um instrumento de poder. Somos apenas servos, somos meros instrumentos insuficientes do amor misericordioso de Deus. Não podemos denegrir e nem aceitar que denigram a Santa Igreja, precisamos é dobrar nossos joelhos e clamar ao céu , por cada membro, cada servo da vinha do senhor, quando erram, seus erros provém do seu instinto humano e não divino. Rezemos e professemos a nossa fé:
Creio em um só Deus
Pai todo-poderoso,
criador do céu e da terra
de todas as coisas visíveis e invisíveis.
Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigênito de Deus,
nascido do Pai antes de todos os séculos;
Deus de Deus,
Luz da Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro;
gerado, não criado,
consubstancial ao Pai.

Por ele todas as coisas foram feitas.
E por nós, homens, e para nossa
salvação, desceu dos céus
e se encarnou pelo Espírito Santo,
no seio da Virgem Maria,
e se fez homem.
Também por nós foi crucificado sob
Pôncio Pilatos;
padeceu e foi sepultado.

Ressuscitou ao terceiro dia,
conforme as Escrituras,
e subiu aos céus,
onde está sentado à direita do Pai.

E de novo há de vir, em sua glória,
para julgar os vivos e os mortos;
e o seu reino não terá fim.

Creio no Espírito Santo,
Senhor que dá a vida,
e procede do Pai e do Filho;
e com o Pai e o Filho
é adorado e glorificado:
Ele falou pelos profetas.

Creio na Igreja,
una, santa, católica e apóstolica.
Professo um só batismo
para a remissão dos pecados.
E espero a ressurreição dos mortos
e vida do mundo que há de vir.
Amém. 
Vinde Santo Espírito De Deus sobre cada Cardeal, abençoai o Conclave...Amém!
Fica aqui nossa homenagem a Bento XVI: Nosso corinho, nosso amor, nossa oração!

 
Comunidade Anunciadores da misericórdiawww.anunciadoresdamisericordia.com.br
Palavra do Nosso Pai fundador: Click:  projeto misericórdia nas familias




Clik AQUI »»»»»» http://www.atos2.net/capela-rccpe.htm

Meus amados, este é um desejo do coração misericórdioso de Jesus, que eu entedi que devo lançar a todos aqueles que desejarem atemdê-lo. É tempo de misericórdia! Como Projeto Misericórdia nas famílias, já faço esta novena perpetuamente, mas senti em meu coração que devo disponibilizá-la a quem desejar se unir a nós e aceitar o desafio de fazê-la de forma perpétua. A sua parte é só confiar!Lance-se no imenso mar da Misericórdia...Coloque suas intenções..


"Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai... Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas."A Novena é rezada junto com o Terço da Divina misericórdia

  Iniciemos nossa Novena invocando a Trindade Santa.


Jesus, eu confio em Vós!



Oitavo dia
Hoje traze-Me as almas que se encontram na prisão do Purgatório e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia; que as torrentes do meu Sangue refresquem o seu ardor. Todas estas almas são muito amadas por Mim, pagam as dívidas à minha Justiça. Está em teu alcance trazer-lhes alívio. Tira do tesouro da minha Igreja todas as indulgências e oferece-as por elas. Oh, se conhecesses o seu tormento, incessantemente oferecerias por elas a esmolas do espírito e pagarias as suas dívidas à minha Justiça.
Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes que quereis misericórdia, eis que estou trazendo à mansão do vosso compassivo Coração as almas do Purgatório, almas que Vos são muito queridas e que no entanto devem dar reparação à vossa Justiça; que as torrentes de Sangue e Água que brotaram do vosso Coração apaguem as chamas do fogo do Purgatório, para que também ali seja glorificado o poder da vossa Misericórdia.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que sofrem no Purgatório e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Suplico-Vos que, pela dolorosa Paixão de Jesus, vosso Filho, e por toda a amargura de que estava inundada a sua Alma santíssima, mostreis vossa Misericórdia às almas que se encontram sob o olhar da vossa Justiça; não olheis para elas de outra forma senão através das Chagas de Jesus, vosso Filho muito amado, porque nós cremos que a vossa bondade e Misericórdia são incomensuráveis. Amém.

Rezemos o terço da misericórdia:

 

Ato de consagração a Divina Misericórdia

Deus, Pai Misericordioso, que revelaste o Teu Amor no Teu Filho Jesus Cristo e o derramaste sobre nós, no Espírito Santo Consolador, confiamos-te hoje o destino do mundo e de cada homem. Inclina-te sobre nós, pecadores, cura a nossa debilidade, vence o mal, faz com que todos os habitantes da terra conheçam a Tua Misericórdia para que em Ti, Deus Une e Trino encontrem sempre a esperança. Pai eterno, pela dolorosa Paixão e Ressurreição do Teu Filho, tem misericórdia de nós e do mundo inteiro. Amém. Papa João Paulo II.




 Clik aqui e reze a via-sacra, conosco:

Quaresma: rezar a partir da nossa verdade

Padre Wagner Ferreira
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com
Nós recebemos de Jesus ressuscitado a graça de uma nova vida. Essa vida nos é concedida pela graça do Sacramento do Batismo, pois, neste momento, aceitamos viver ressuscitados com Ele.
A Quaresma vem justamente nos recordar que nós, discípulos de Jesus, precisamos assumir o compromisso com esta vida nova. Este tempo é propício para escutar a voz de Deus e aprofundar naquilo que é nossa fé.
A fé tem um fator importante na vida de um cristão, mas deve ser complementada com a vida sacramental, para assim vivermos comprometidos com o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Fundamentalmente, rezar e orar é cultivar o diálogo de amor com Deus. Esta atitude, pela qual nosso coração e nossa mente se voltam para uma intimidade maior com o Senhor, deve ser uma busca incessante.
No livro dos Salmos, podemos encontrar inúmeras orações de súplica e louvor. Esse livro é um rico celeiro de orações para meditarmos nesse tempo. Porém, o modelo de orador por excelência é o próprio Cristo, o qual, por diversas vezes no Evangelho, se retira do convívio dos seus apóstolos para orar e conversar com o Pai.
Precisamos ter consciência de que a oração é vital para a caminhada do cristão, assim como compreendemos a necessidade que nosso corpo tem do ar e do alimento.
É importante rezarmos a partir da nossa verdade. Existem milhares de orações apresentadas pelo santos, pela Igreja e nas próprias Escrituras, mas nada é capaz de substituir uma oração sincera, que vem do fundo da nossa alma, elevando a Deus nossas necessidades e agradecimentos. Assim como a oração de Ester, a qual podemos ver na primeira leitura da liturgia de hoje.
A oração dela é algo que brota do coração, pois reconhece a grandeza de Deus diante da sua miséria e a miséria do seu povo, suplicando para que o Senhor intervenha e evite o extermínio de uma nação.
Uma mãe que se depara com a iminência da morte de um filho é capaz de fazer tudo e recorrer aos mais diversos médicos. Tudo isso para buscar a salvação para o seu herdeiro.
Nesse momento dramático, brota de um coração desesperado um grito de socorro, ou seja, uma oração sincera, com fé, pois não é tomada pelo desamparo, afinal, quando pedimos algo a alguém, é porque acreditamos que é possível encontrar a solução para o problema.
"Orar é cultivar o diálogo de amor com Deus", ensina padre Wagner Ferreira
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Quem crê em Deus e confia sua vida a Ele - porque o Senhor é um Pai rico em misericórdia -, também acredita que a resposta d'Ele à nossa súplica será muito maior do que aquilo que pedimos.
O ensinamento do Evangelho, de hoje, quer nos ajudar a ter uma profunda compreensão daquilo que nos foi revelado pelas Escrituras. Por isso, quando pedir a Deus, quando suplicar ao Senhor qualquer coisa, que ela seja acompanhada de um louvor em agradecimento. Afinal, o Evangelho já nos diz que todo aquele que procura irá encontrar.
Se você ainda não recebeu aquilo que pediu em oração, não desanime, porque Deus responderá, mas na medida que Ele acredita ser o melhor para você.
Por fim, quando os discípulos perguntam a Cristo qual é a oração que eles devem orar, Jesus apresenta a oração do Pai-Nosso, que não é uma oração qualquer, mas palavras cheias de reconhecimento e intimidade.  Só aquele que reconhece alguém como seu Pai é capaz de confiar que suas preces serão atendidas.
 Transcrição e adaptação: Gustavo Souza
Padre Wagner Ferreira
Formador Geral da Comunidade Canção Nova
Comunidade Anunciadores da misericórdiawww.anunciadoresdamisericordia.com.br

Palavra do Nosso Pai fundador: Click:  projeto misericórdia nas familias





Clik AQUI »»»»»» http://www.atos2.net/capela-rccpe.htm

Meus amados, este é um desejo do coração misericórdioso de Jesus, que eu entedi que devo lançar a todos aqueles que desejarem atemdê-lo. É tempo de misericórdia! Como Projeto Misericórdia nas famílias, já faço esta novena perpetuamente, mas senti em meu coração que devo disponibilizá-la a quem desejar se unir a nós e aceitar o desafio de fazê-la de forma perpétua. A sua parte é só confiar!Lance-se no imenso mar da Misericórdia...Coloque suas intenções..


"Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai... Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas."A Novena é rezada junto com o Terço da Divina misericórdia

  Iniciemos nossa Novena invocando a Trindade Santa.


Jesus, eu confio em Vós!



Sétimo dia
Hoje traze-Me as almas que veneram e glorificam de maneira especial a minha Misericórdia e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas foram as que mais sofreram por causa da minha Paixão e penetraram mais profundamente no meu espírito. Elas são a imagem viva do meu Coração compassivo. Estas almas brilharão com especial fulgor na vida futura. Nenhuma delas irá ao fogo do Inferno; defenderei cada uma delas de maneira especial na hora da morte.
Misericordiosíssimo Jesus, cujo Coração é o próprio amor, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas que honram a glorificam de maneira especial a grandeza da vossa Misericórdia. Estas almas tornadas poderosas pela força do próprio Deus, avançam entre penas e adversidades, confiando na vossa Misericórdia. Estas almas estão unidas com Jesus e carregam sobre os seus ombros a humanidade toda. Elas não serão julgadas severamente, mas a vossa Misericórdia as envolverá no momento da morte.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que glorificam e honram o vosso maior atributo, isto é, a vossa inescrutável Misericórdia; elas estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Estas almas são o Evangelho vivo e as suas mãos estão cheias de obras de misericórdia; suas almas repletas de alegria cantam um hino de misericórdia ao Altíssimo. Suplico-Vos, ó Deus, mostrai-lhes a vossa Misericórdia segundo a esperança e confiança que em Vós colocaram. Que se cumpra nelas a promessa de Jesus, que disse: "As almas que veneram a minha insondável Misericórdia, Eu mesmo as defenderei durante a vida, especialmente na hora da morte, como minha glória." Amém.


Rezemos o terço da misericórdia:

 

Ato de consagração a Divina Misericórdia

Deus, Pai Misericordioso, que revelaste o Teu Amor no Teu Filho Jesus Cristo e o derramaste sobre nós, no Espírito Santo Consolador, confiamos-te hoje o destino do mundo e de cada homem. Inclina-te sobre nós, pecadores, cura a nossa debilidade, vence o mal, faz com que todos os habitantes da terra conheçam a Tua Misericórdia para que em Ti, Deus Une e Trino encontrem sempre a esperança. Pai eterno, pela dolorosa Paixão e Ressurreição do Teu Filho, tem misericórdia de nós e do mundo inteiro. Amém. Papa João Paulo II.




 Clik aqui e reze a via-sacra, conosco:


 Vamos cantar?


terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

“Em um mundo que suja a beleza de Deus, crer significa tocar a sua mão e ver o seu amor.” Bento XVI.

Peça ao Senhor a graça de abraçar a sua vocação! Que ele nos ensine a viver a vocação com qualidade.
O que você é? Você é você? Não seja aquilo que as pessoas dizem sobre você! Sua vocação não pode ser um lugar que você esconde seus sentimentos frustrados. 
Pois é amados... Sobre vocação, só tenho a dizer que  não adianta tentarmos sermos aquilo que não somos... Senhor Tu sabes tudo!!! Reflitamos....
Comunidade Anunciadores da misericórdiawww.anunciadoresdamisericordia.com.br
Palavra do Nosso Pai fundador: Click:  projeto misericórdia nas familias




Clik AQUI »»»»»» http://www.atos2.net/capela-rccpe.htm

Meus amados, este é um desejo do coração misericórdioso de Jesus, que eu entedi que devo lançar a todos aqueles que desejarem atemdê-lo. É tempo de misericórdia! Como Projeto Misericórdia nas famílias, já faço esta novena perpetuamente, mas senti em meu coração que devo disponibilizá-la a quem desejar se unir a nós e aceitar o desafio de fazê-la de forma perpétua. A sua parte é só confiar!Lance-se no imenso mar da Misericórdia...Coloque suas intenções..


"Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai... Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas."A Novena é rezada junto com o Terço da Divina misericórdia

  Iniciemos nossa Novena invocando a Trindade Santa.


Jesus, eu confio em Vós!



Sexto dia
Hoje traze-Me as almas mansas, assim como as almas das criancinhas, e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas são as mais semelhantes ao meu Coração. Elas reconfortaram-Me na minha amarga Paixão da minha agonia. Eu as vi quais anjos terrestres que futuramente iriam velar junto aos meus altares. Sobre elas derramo torrentes de graças. Só a alma humilde é capaz de aceitar a minha graça; às almas humildes favoreço com a minha confiança.
Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes: "Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração", aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas mansas e humildes e as almas das criancinhas. Estas almas encantam o Céu todo e são a especial predileção do Pai Celestial, são como um ramalhete diante do trono de Deus, com cujo perfume o próprio Deus se deleita. Estas almas têm a mansão permanente no Coração compassivo de Jesus e cantam sem cessar um hino de amor e misericórdia pelos séculos.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas mansas e humildes e para as almas das criancinhas, que estão encerradas na mansão compassiva do Coração de Jesus. Estas almas são as mais semelhantes a vosso Filho; o perfume destas almas eleva-se da Terra e alcança o vosso trono. Pai de Misericórdia e de toda bondade, suplico-Vos pelo amor e predileção que tendes para com estas almas, abençoai o mundo todo, para que todas as almas cantem juntamente a glória à vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Rezemos o terço da misericórdia:

 

Ato de consagração a Divina Misericórdia

Deus, Pai Misericordioso, que revelaste o Teu Amor no Teu Filho Jesus Cristo e o derramaste sobre nós, no Espírito Santo Consolador, confiamos-te hoje o destino do mundo e de cada homem. Inclina-te sobre nós, pecadores, cura a nossa debilidade, vence o mal, faz com que todos os habitantes da terra conheçam a Tua Misericórdia para que em Ti, Deus Une e Trino encontrem sempre a esperança. Pai eterno, pela dolorosa Paixão e Ressurreição do Teu Filho, tem misericórdia de nós e do mundo inteiro. Amém. Papa João Paulo II.




 Clik aqui e reze a via-sacra, conosco:

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Está difícil? Vamos rezar juntos?

Pois é amados...Muitas vezes parece que não vamos dar conta , tudo parece não ter mais solução.Muitas vezes até de onde menos esperamos é que surgem as decepções: O alto, precisamos lembrar que nosso socorro vem de Deus! A oração, ainda é o melhor caminho.Diante da dor, da doênça, do desemprego, da desilusão, da solidão, da depressão  e de todos os males...Não estamos sozinhos, elevemos nossos olhos aos montes....Reze conosco!!!! 
Em meio ao mundo relativista que vivemos, louvo e bendigo a Deus pela vida do BENTO XVI. Nem tudo e nem a todos o dinheiro pode comprar...
ANGELUS - Praça de São Pedro - domingo, 24 de fevereiro, 2013
[ Vídeo ] :http://www.radiovaticana.va/player/index_fb.asp?language=it&tic=VA_STHWWGO6
Queridos irmãos e irmãs! Obrigada por seu carinho!
No segundo domingo da Quaresma, temos um Evangelho particularmente bonito, a Transfiguração do Senhor. O evangelista Lucas coloca especial atenção para o fato de que Jesus foi transfigurado enquanto orava: a sua é uma profunda experiência de relacionamento com o Pai durante uma espécie de retiro espiritual que Jesus vive em uma alta montanha na companhia de Pedro, Tiago e João , os três discípulos sempre presente nos momentos de manifestação divina do Mestre ( Lucas 5:10; 8,51, 9,28). O Senhor, que pouco antes havia predito sua morte e ressurreição (9:22), oferece a seus discípulos antes da sua glória. E mesmo na Transfiguração, como no batismo, ouvimos a voz do Pai Celestial, "Este é o meu Filho, o Eleito ouvi-lo" (9:35). A presença de Moisés e Elias, representando a Lei e os Profetas da Antiga Aliança, é muito significativa: toda a história da Aliança está focado Nele, o Cristo, que faz um "êxodo" novo (9:31) , não para a terra prometida, como no tempo de Moisés, mas para o céu. A intervenção de Pedro: "Mestre, é bom para nós estarmos aqui" (9.33) representa a tentativa impossível de parar esta experiência mística. Santo Agostinho diz: "[Peter] ... na montanha ... tinha Cristo como o alimento da alma. Por que ele iria descer para voltar aos trabalhos e dores, enquanto lá estava cheio de sentimentos de amor santo de Deus e que o inspirou, portanto, uma conduta santa "(? Discurso 78,3: PL 38,491).
Meditando sobre esta passagem do Evangelho, podemos tirar um ensinamento muito importante. Primeiro, o primado da oração, sem a qual todo o trabalho de apostolado e de caridade é reduzido ao ativismo. Na Quaresma, aprendemos a dar bom tempo para a oração, pessoal e comunitária, o que dá fôlego para a nossa vida espiritual. Além disso, a oração não é isolar-se do mundo e suas contradições, como no Tabor queria ser Peter, mas a oração de volta para o caminho, para a ação. "A vida cristã - escrevi na minha Mensagem para a Quaresma - consiste de uma subida contínua da montanha para se encontrar com Deus, antes de cair de volta trazendo o amor eo poder dele derivado, a fim de servir nossos irmãos e irmãs com o mesmo amor de Deus "(n. 3).
Queridos irmãos e irmãs, que a Palavra de Deus se sente particularmente dirigidas a mim, neste momento da minha vida. Obrigado! O Senhor chamou-me a "subir a montanha", para se dedicar ainda mais à oração e à meditação. Mas isto não significa o abandono da Igreja, de fato, se Deus me pede isso é apenas para que eu possa continuar a servir com a mesma dedicação eo mesmo amor com que eu tentei fazer até agora, mas de um modo mais adequado para a minha idade e para mim. Invoquemos a intercessão da Virgem Maria, ela sempre nos ajude a seguir o Senhor Jesus em oração e obras de caridade.

 Comunidade Anunciadores da misericórdiawww.anunciadoresdamisericordia.com.br


Palavra do Nosso Pai fundador: Click:  projeto misericórdia nas familias






Clik AQUI »»»»»» http://www.atos2.net/capela-rccpe.htm

Meus amados, este é um desejo do coração misericórdioso de Jesus, que eu entedi que devo lançar a todos aqueles que desejarem atemdê-lo. É tempo de misericórdia! Como Projeto Misericórdia nas famílias, já faço esta novena perpetuamente, mas senti em meu coração que devo disponibilizá-la a quem desejar se unir a nós e aceitar o desafio de fazê-la de forma perpétua. A sua parte é só confiar!Lance-se no imenso mar da Misericórdia...Coloque suas intenções..


"Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai... Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas."A Novena é rezada junto com o Terço da Divina misericórdia

  Iniciemos nossa Novena invocando a Trindade Santa.


Jesus, eu confio em Vós!




Quinto dia

Hoje traze-Me as almas dos Cristãos separados da Unidade da Igreja e mergulha-as no mar da minha Misericórdia. Na minha amarga Paixão dilaceravam o meu Corpo e o meu Coração, isto é, a minha Igreja. Quando voltam à unidade da Igreja, cicatrizam-se as minhas Chagas e dessa maneira eles aliviam a minha Paixão.
Misericordiosíssimo Jesus que sois a própria Bondade, Vós não negais a luz àqueles que Vos pedem, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos nossos irmãos separados, e atraí-os pela vossa luz à unidade da Igreja e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração, mas fazei com que também eles glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos nossos irmãos separados que esbanjaram os vossos bens e abusaram das vossas graças, permanecendo teimosamente nos seus erros. Não olheis para os seus erros, mas para o amor do vosso Filho e para a sua amarga Paixão, que suportou por eles, pois também eles estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Fazei com que também eles glorifiquem a vossa Misericórdia por toda a eternidade. Amém.

Rezemos o terço da misericórdia:

 

Ato de consagração a Divina Misericórdia

Deus, Pai Misericordioso, que revelaste o Teu Amor no Teu Filho Jesus Cristo e o derramaste sobre nós, no Espírito Santo Consolador, confiamos-te hoje o destino do mundo e de cada homem. Inclina-te sobre nós, pecadores, cura a nossa debilidade, vence o mal, faz com que todos os habitantes da terra conheçam a Tua Misericórdia para que em Ti, Deus Une e Trino encontrem sempre a esperança. Pai eterno, pela dolorosa Paixão e Ressurreição do Teu Filho, tem misericórdia de nós e do mundo inteiro. Amém. Papa João Paulo II.




 Clik aqui e reze a via-sacra, conosco:


 Vamos cantar?